Marketing jurídico online: como calcular o ROI?

Marketing Jurídico Online: advogada percebe o retorno do investimento

Guilherme Barbosa

Uma das perguntas mais frequentes de advogados que estão começando a investir em estratégias de marketing jurídico online é: como calcular o ROI (retorno sobre o investimento) e a perspectiva de resultado com essas ações? 

Por isso desenvolvemos um artigo com alguns pontos fundamentais para a análise do ROI nas ações de marketing jurídico digital. Confira também o conteúdo completo no episódio 21 do 3MINDCAST.

1. Redes sociais para Advogados x Google

Primeiro de tudo é preciso diferenciar as estratégias de marketing jurídico online via redes sociais e via Google ou YouTube. Isso porque as redes sociais são mídias reativas, ou seja, os usuários não buscam ativamente por Advogados ou dúvidas jurídicas. Já o Google e Youtube são buscadores, ou mídias ativas, onde o usuário faz uma busca por um serviço ou dúvida jurídica, demonstrando assim uma intenção de compra ou contratação.

Nesse momento de busca também dizemos que o usuário “deixa um rastro” sobre o seu momento de compra, e a partir disso é que ativamos o remarketing (ação que possibilita aparecer para usuários que já demonstraram algum tipo de interesse no seu serviço).

Saiba mais sobre remarketing para advogados.

2. Áreas da Advocacia, quais geram mais resultados?

O segundo ponto a ser analisado é a questão da grande massa jurídica. Neste conteúdo vamos analisar as áreas Trabalhista (reclamante), Previdenciário e Família.

Para entender o que é essa grande massa jurídica temos uma analogia simples e muito interessante. Se você ficar meia hora na esquina da sua casa ou escritório, quantas pessoas das que passaram por você apresentam alguma chance de se tornar um cliente? Esse é o indicativo para saber o tamanho do mercado do seu escritório de advocacia, quanto maior o “problema” na sociedade, mais fácil será a prospecção de clientes.

3. O caminho mais fácil de conseguir clientes na Advocacia

Parece óbvio, mas não podemos esquecer que é muito mais fácil vender um produto ou serviço para alguém que já está procurando. Porém, isso não quer dizer que todas as pessoas que procuram algo nos buscadores vão finalizar uma compra ou iniciar uma contratação. A esse processo de decisão damos o nome de funil de vendas, o processo pelo qual o usuário passa em sua decisão de compra.

Quanto mais o usuário precisa da resolução daquele problema, ou seja, quanto maior a dor da pessoa que está procurando, maior a chance de fechar uma contratação. Por isso, logicamente, as áreas jurídicas que resolvem demandas mais urgentes terão um retorno mais rápido das ações de marketing jurídico online.

Agora que já entendemos alguns pontos que têm impacto direto no retorno sobre os investimentos em estratégias de marketing, vamos iniciar uma análise com base em dados reais dos clientes da 3MIND.

Análise de ROI nas Redes Sociais para Advogados

Apenas 20% de uma base de 100 escritórios de advocacia analisados estão contentes com os resultados obtidos por meio das redes sociais, uma vez que obtiveram 80% de resultados com essas estratégias de marketing jurídico online.

Isso quer dizer que apenas 20 clientes tiveram resultados mensuráveis através das redes sociais. Esses 20 escritórios atuam exatamente nas áreas Trabalhista, Previdenciário e Família e também apresentam algumas características em comum:

1. Comercial forte no escritório de advocacia capaz de criar uma conexão com os clientes provenientes das redes sociais, logo no primeiro atendimento.

2. Investimento de 2 a 5 mil por mês nas redes sociais com campanhas diferentes e muitas validações, pois os erros são fundamentais para gerar acertos e resultados (redes sociais são inconstantes)

Cursos de Marketing JurídicoPowered by Rock Convert

3. Pensamento estratégico do escritório de advocacia, isso não pode ser terceirizado para a agência de marketing. Você não pode terceirizar o coração do seu negócio! A diferença principal é a participação e a compreensão do cliente entendendo a lógica para se obter resultado.

ROI para Redes Sociais: com um investimento de cinco mil você consegue fazer 100 mil, a longo prazo, com uma estratégia completa e bem amparada no comercial. Do ponto de vista ROI, dá pra se dizer que é possível “fechar a conta”, no entanto, considere que este retorno está relacionado a um trabalho inicial de validação (tempo de aprendizado) e constante dedicação de tempo que não está inserido no custo de 5 mil reais em uma campanha assertiva, sem contar o risco “jurídico” inerente às causas. 

Por fim concluímos que mesmo com um resultado baixo, de apenas 20%, ainda é necessário estar presente nas redes sociais, mesmo que seja como uma vitrine para o escritório de advocacia, não uma ferramenta de tração para novos negócios. Importante ressaltar também que estamos abordando neste conteúdo uma análise de ROI, ou seja, não estamos calculando o retorno subjetivo e imensurável que as redes sociais projetam ao escritório quando utilizadas de forma estratégica. 

Confira o conteúdo sobre Facebook x Instagram para Advogados, qual é o melhor?


Análise de ROI no Google (orgânico com ferramentas de SEO)

Primeiro é importante entender que para ranquear organicamente (gratuitamente) na primeira página do Google, e efetivamente ser encontrado quando um usuário busca um problema que o seu escritório de advocacia pode resolver como, por exemplo, “o que pagar em demissão por justa causa”, é preciso produzir muito conteúdo de valor, de forma consistente e ainda promover uma boa experiência ao usuário, isso é o que chamamos de Marketing de Conteúdo.

A lógica é simples, o escritório de advocacia mapeia as palavras-chave relacionadas com os serviços que presta e depois procura entender como o público-alvo (empresário como exemplo), está buscando respostas jurídicas na internet.

Para saber mais sobre esse processo acesse o Curso Gratuito Rumo ao topo do Google, com todas as metodologias de SEO desenvolvidas pela 3MIND com foco em marketing jurídico digital.

Vamos aos números: 80% dos escritórios de advocacia que focam em estratégias de marketing jurídico digital no Google orgânico estão satisfeitos.

Destes 80 escritórios de advocacia temos pequenos e grandes players, que acreditaram nessa estratégia e dedicaram tempo para ela. O investimento de uma estratégia no Google orgânico é tempo, tem conteúdo que pode levar mais de uma semana para ser produzido, porque é muito difícil se posicionar na primeira página do Google. 

Além disso, os ajustes de SEO são constantes, o Google muda as regras do jogo a todo o momento e é preciso rever conteúdos prontos e mantê-los sempre atualizados.

Case de sucesso: veja como o Dr. Rafael, do escritório Ingrácio Advogados chegou a 120 contatos por dia ao ranquear na primeira página do Google para várias palavras-chaves de interesse para o escritório de advocacia, somente em 2019 registrou + de 5 milhões de acessos.

ROI para Google Orgânico: 3 mil de investimento mensal para agência produzir de2 a 4 conteúdos por mês, pode gerar até 100 mil acessos mensais a partir do 13º mês (dependendo do assunto abordado e do volume de pessoas com o problema), 1% de conversão, mais ou menos mil contatos por mês. Isso para conteúdos qualificados, que representam geralmente 20% de todos os conteúdos publicados em um ano. Em 50 conteúdos você vai acertar 10 para gerar resultados.

Converse com um dos nossos especialistas em Google e solicite uma análise do volume de pesquisas relacionado a sua área de atuação. 

Curso Gratuito de Marketing Jurídico

Receba conteúdos e estratégias atualizadas de Marketing Jurídico gratuitamente!

Sobre o autor
Guilherme Barbosa

Guilherme Barbosa

Especialista em marketing com ênfase no universo Jurídico. Criador e mentor de novos negócios (startups), e expert em Inteligência analítica e Big Data (PUC-PR). Minha paixão - transformar números, dados e intuições em estratégias eficientes.

Compartilhe
Responder
Olá, meu nome é Victor! 😊

Nós já ajudamos mais de 100 escritórios de pequeno a grande porte a construir sua autoridade.

Como podemos lhe ajudar?