Dicas para captar clientes digitais no direito previdenciário

Empresária feliz com franquia de Marketing Digital

Guilherme Barbosa

Esse conteúdo foi feito sob medida para advogados previdenciaristas que querem ampliar seu volume de contratos ou para os advogados iniciantes nesta área do Direito. Trazemos dicas para você começar sozinho o marketing jurídico do seu escritório de advocacia, com base nas nossas experiências de tentativas e erros presentes no dia a dia de especialistas em marketing jurídico.

Descobrimos algumas peculiaridades na área do direito previdenciário e vamos contar em primeira mão pra você que acompanha nosso blog. As dicas também estão disponíveis no vídeo Advocacia Previdenciária, como captar clientes em nosso canal do YouTube.

Conteúdo

Sem conteúdo você não consegue fazer nada! Recentemente falei sobre os limites da publicidade na advocacia. Questão que está sendo revisada. Na qual percebe-se que em nenhum momento será permitido não ser consultivo, ou seja, para propagar o seu escritório de advocacia digitalmente, sem ferir o código de ética da OAB, você precisa entregar um conteúdo de valor para o usuário. O conteúdo é o melhor investimento que o advogado vai fazer na área de marketing jurídico, uma vez que ele não se perde, daqui um ano ele ainda estará lá, seja nas redes sociais ou no site do seu escritório.

Veja como divulgar cases de sucesso nas redes sociais sem ferir o código de ética da OAB.

Comportamento

Estude estatísticas e pesquisas de marketing digital, como a Mobile Time para analisar o comportamento do seu público-alvo. Com isso descobrirá que o público previdenciário (indivíduos com 60 anos ou mais) utilizam o WhatsApp como principal meio de comunicação. Esse é o primeiro passo para entender como você vai se comunicar com este cliente, ou seja, basta ativar um número de WhatsApp para o seu escritório de advocacia e ter uma pessoa responsável por moderar esse aplicativo. O segundo aplicativo mais usado por esse segmento da população brasileira é o Facebook. Ou seja, eles conversam pelo WhatsApp (quase 80%) e consomem conteúdo no Facebook (60%).

Com isso a jornada de marketing jurídico com foco no direito previdenciário é divulgar no Facebook e levar para o WhatsApp. A todo momento, depois de entregar um conteúdo de valor, nas suas redes sociais e blog do site do escritório, o advogado deve chamar o usuário para um contato via WhatsApp e para isso existem diversos plugins de fácil manutenção.

Cursos de Marketing JurídicoPowered by Rock Convert

Veja também um conteúdo completo sobre como usar o What’s App para obter resultados.

Compreenda as dúvidas recentes do Direito Previdenciário

Ainda no tema de comportamento, é com essa análise de público-alvo que o advogado entende o que deve ser priorizado na produção de conteúdo. Para isso existe outra ferramenta de apoio no marketing digital chamada Google Trends, lá você busca palavras-chaves relacionadas a área do seu escritório de advocacia como, por exemplo, aposentadoria ou reforma da previdência, quando referente ao direito previdenciário. A ferramenta mostra como o usuário pesquisa por esses temas e quais são as dúvidas mais frequentes, como por exemplo: O que mudou na aposentadoria por idade após a reforma de previdência.

Essa é a oportunidade do advogado de responder a dúvida exata de um possível cliente, gerando conexão com ele, chamando-o para o seu site com uma informação relevante e colocando seu WhatsApp à disposição para sanar mais dúvidas.

Falar o que você quer certamente não será o melhor caminho, mas sim o que as pessoas estão buscando. Esse é o processo para iniciar uma autoridade digital, fundamental para o sucesso das ações de marketing jurídico.

Fale de forma simples, sem juridiquês e tenha foco no conteúdo. Se vai falar para o professor, seja claro com isso. Escolha um nicho, como por exemplo: Regras de transição para aposentadoria de professores. Escolha de acordo com o público-alvo do seu escritório, seja específico com o conteúdo que o sucesso das suas ações de marketing jurídico surtirão um efeito mais rápido, uma vez que você vai atingir um público mais assertivo que poderá iniciar uma ação mais facilmente, fechando um possível contrato.

Engajamento

Busque um relacionamento com os usuários, escreva um post pedindo comentários, curta e responda esses comentários. Deixe claro que suas redes sociais são um canal aberto de comunicação com o seu escritório. Isso não é uma consulta! Você pode tirar uma dúvida via comentário, e com isso você inicia um relacionamento, que aumenta as chances do usuário virar um cliente do seu escritório de advocacia.

O engajamento é fundamental para uma estratégia de marketing jurídico, essas ações influenciam as redes sociais e o Google a valorizem o seu conteúdo, o algoritmo dessas plataforma entende que se existe engajamento o conteúdo é de qualidade, e com isso elas entregam aquela publicação para mais pessoas.O que você achou das nossas dicas? Se tiver dúvidas sobre como adaptar as estratégias de marketing jurídico para outras áreas do direito fala com a gente que vamos preparar um conteúdo sob medida para você!

Receba conteúdos e estratégias atualizadas de Marketing Jurídico gratuitamente!

Sobre o autor
Guilherme Barbosa

Guilherme Barbosa

Especialista em marketing com ênfase no universo Jurídico. Criador e mentor de novos negócios (startups), e expert em Inteligência analítica e Big Data (PUC-PR). Minha paixão - transformar números, dados e intuições em estratégias eficientes.

Compartilhe
Responder
Olá, meu nome é Victor! 😊

Nós já ajudamos mais de 100 escritórios de pequeno a grande porte a construir sua autoridade.

Como podemos lhe ajudar?