Conteúdos

25 filmes para advogados, atualizado 2020

Homem escolhe filmes para advogados na TV

Mesmo em meio à abundância de listas de filmes para advogados disponíveis na internet, é difícil se desvencilhar dos clássicos. Por isso, trouxemos uma seleção de filmes jurídicos atualizada, afinal o ano de 2020 foi marcado pelo crescimento dos serviços de streaming, com o isolamento social causado pela pandemia do novo coronavírus, proporcionando novos títulos muito interessantes sobre o tema.

Ficar por dentro da cultura pop também é fundamental para estimular novas ideias para as estratégias de marketing jurídico digital, principalmente no que diz respeito a produção de conteúdo.

Veja também 10 séries para advogados que você não pode perder!

Os 7 de Chicago (2020)

TIdo como um possível candidato ao oscar, a produção foi baseada em fatos reais, e conta a história de sete réus: Abbie Hoffman (Sasha Baron Cohen), Tom Hayden (Eddie Redmayne), David Dellinger (John Carroll Lynch), Jerry Rubin (Jeremy Strong), Lee Weiner (Noah Robbins), John Froines (Daniel Flaherty) e Rennie Davis (Alex Sharp),  que foram acusados pelo governo americano de conspiração, incitação à revolta e outros delitos. O confronto violento contra a polícia ocorreu no ano de 1968, quando diferentes grupos contrários à Guerra do Vietnã se encontraram em Chicago, Illinois para o que deveria ser um protesto pacífico, mas que acabou resultando em um dos julgamentos mais famosos da história.

Duração: 2h10

Disponível na Netflix

Ponmagal Vandhal (2020)

Ainda pouco conhecido, Ponmagal Vandhal (que significa “A Princesa Preciosa Chegou”) é um drama de tribunal ambientado em Ooty, India. O filme, que tem como idioma original o Tâmil, narra a trajetória de Venba (Jyotika), uma advogada determinada que reabre o caso da serial killer Jothi, de 15 anos atrás, em sua luta por justiça.

Duração: 2h03

Disponível na Prime Video (Amazon)

Worth (2020)

Dirigido por Sara Colangelo, Worth é um filme biográfico baseado no roteiro de Max Borenstein, que teve sua estreia no Sundance Film Festival em janeiro de 2020. O enredo se passa em Washington D.C., tem como tema a batalha do advogado Kenneth Feinberg (Michael Keaton) para ajudar as vítimas do atentado de 11 de setembro.

Duração: 1h58

Luta por Justiça (2019)

Após se formar em Direito em Harvard, Bryan Stevenson (Michael B. Jordan) se muda para o Alabama, deixando para trás uma carreira lucrativa em escritórios renomados da costa leste americana. Idealista, o advogado prefere se dedicar a prisioneiros desamparados pela política pública. É assim que assume a causa de Walter McMillian (Jamie Foxx), um prisioneiro negro e condenado injustamente à morte por assassinato. 

Duração: 2h17

O Preço da Verdade (2019)

Baseado no artigo “The Lawyer Who Became DuPont’s Worst Nightmare”, de Nathaniel Rich, e dirigido por Todd Haynes, O preço da verdade relata a história de Robert Bilott (Mark Ruffalo), um advogado de defesa corporativo quando este começa a suspeitar que uma grande empresa está por trás de um número crescente de mortes inexplicáveis dos animais em uma área.

Duração: 2h06

Disponível no Prime Vídeo (Amazon)

22 de Julho (2018)

Criticamente aclamado, o longa-metragem 22 de Julho retrata os ataques terroristas promovidos por Anders Behring Breivik (Anders Danielsen Lie) em 2011 na Noruega, onde 77 pessoas vieram a óbito. Sob a direção de Paul Greengrass, o filme impactante trata dos riscos do extremismo e consequências do ataque mais violento da história do país.

Duração: 2h23

Disponível na Netflix

Ted Bundy: A Irresistível Face do Mal (2018)

Essa cinebiografia acompanha a trajetória de Ted Bundy (Zac Efron), um serial killer famoso por seu carisma e aparência atraente, que matou pelo menos 30 mulheres em sete estados norte-americanos na década de 70. Contando até com fãs, a trama se desenvolve ao longo dos anos ativos de Ted, demonstrando como ele foi de um universitário charmoso a um psicopata capaz de efetuar sua própria defesa nos tribunais.

Duração: 1h49

Disponível na Netflix

Suprema (2018)

O filme tem como tema a história de Ruth Bader (Felicity Jones), uma das figuras mais notórias do mundo jurídico. Formada em direito por duas das mais prestigiadas instituições dos Estados Unidos – Harvard e Columbia, Ruth precisou enfrentar o machismo das décadas de 50 e 60 para conseguir ser nomeada para o Supremo Tribunal pelo então presidente Bill Clinton, se tornando a segunda juíza mulher do país e lutando para derrubar centenas de leis que permitiam a discriminação às mulheres.

Duração: 2h01

Disponível no Prime Vídeo (Amazon)

Um Contratempo (2017)

Em um quarto de hotel da Espanha, Adrian (Mario Casas), homem de negócios bem-sucedido e casado, encontra sua amante Laura (Bárbara Lennie) morta no banheiro, coberta com notas de euros. Acusado de assassinato e em apuros, o homem recorre à advogada Virginia Goodman (Ana Vagener), que conhece muito bem os meandros da justiça, para assim tentarem desvendar o real ocorrido naquela noite terrível.

Duração: 1h46

Milada (2017)

Produzido e dirigido por David Mrnka, esse longa biográfico é dedicado àqueles que ainda vivem sob ditaduras. O enredo conta a história da tchecoeslovaca Milada Horáková (Ayelet Zurer), advogada, ativista de Direitos Humanos, política e defensora dos direitos humanos, que lutava contra a ocupação nazista e domínio soviético em seu país, sempre focada em salários iguais para mulheres, aposentadoreia e pensão alimentícia para crianças de pais separados ou órfãs.

Duração: 2h04

Disponível na Netflix

O Insulto (2017)

Esse filme produzido em árabe levanta uma potente crítica social ao abordar comportamentos intolerantes e preconceituosos atuais que têm, cada vez mais, uma força alarmante. Ambientado em Beirute, Líbano, o filme tem início quando um cristão libanês chamado Toni (Adel Karam), ao molhar as plantas de sua varanda, acidentalmente molha o refugiado palestino Yasser (Kamel El Basha). A partir daí, um conflito intenso se inicia com um xingamento, que posteriormente progride a um julgamento e acaba por se tornar uma situação totalmente fora de controle, envolvendo um número absurdo de pessoas.

Duração: 1h54

Marshall: Igualdade e Justiça (2017)

Esse drama biográfico dirigido, por Reginald Hudlin e escrito por Michael e Jacob Kosoff, narra a trajetória de Thurgood Marshall (Chadwick Boseman), que deve atuar em um dos seus primeiros casos de sua carreira profissional, antes de se tornar o primeiro juiz afro-descendente da Corte Suprema Americana: a defesa de Josepho Spell (Sterling K. Brown), acusado de agredir Eleanor Strubing (Kate Hudson), uma socialite branca

Duração: 1h58

Negação (2016)

Escrito por David Hare e dirigido por Mick Jackson, Negação é um drama histórico baseado na obra literária de Deborah Lipstadt “History on Trial: My Day in Court with a Holocaust Denier”. A produção tem como foco principal a dramatização do caso Irving v Penguin Books Ltd, onde o negacionista David Irving (Timothy Spall) processou por difamação a professora, historiadora, estudiosa e especialista do Holocausto, Deborah Lipstadt (Rachel Weisz).

Duração: 1h50

Pink (2016)

Com o objetivo de questionar a cultura do estupro na Índia, esse suspense social, dirigido por Aniruddha Roy Chowdhury, escrito por Ritesh Shah e produzido por Rashmi Sharma Telefilms, Sheel Kumar e Shoojit foi aclamado pela crítica e ganhou vários prêmios. A história gira em torno de um caso de agressão sexual, onde a vítima, Minal Arora (Tapsee Pannu), acaba sendo julgada por tentativa de homicídio ao tentar se defender.

Duração: 2h16

Disponível na Netflix

Rustom (2016)

Também indiano, esse longa tem como cenário a maior e mais importante cidade indiana, Mumbai, acompanhando o condecorado oficial da Marinha Rustom Pavri (Akshay Kumar), em 1959, quando após passar 6 meses em missão retorna à sua casa e descobre que sua esposa, Cynthia Pavri (Ileana D’Cruz), se envolveu com seu melhor amigo, o empresário milionário Vikram Makhija (Arjan Bajwa). Após uma discussão, Rustom assassina o amante de sua esposa a tiros, e vai a julgamento, onde o promotor e a irmã do falecido farão de tudo ao alcance para que o oficial pegue pena máxima.

Duração: 2h21

Disponível na Netflix

Loving (2016)

O romance se passa no ano de 1958, quando o casamento interracial ainda era proibido em alguns estados dos Estados Unidos. Tendo competido no Festival de Cannes, essa produção descreve a luta de Richard (Joel Edgerton) e Mildred Loving (Ruth Negga), que se casam em Washington D.C., onde seu casamento era permitido, porém precisam fugir do Ato de Integridade Racial do Estado da Virgínia, lugar de origem dos dois, ontem o casamento entre raças ainda é uma ofensa. Eventualmente o casal é preso e precisam defender sua relação no Supremo Tribunal.

Duração: 2h03

Ponte dos Espiões (2015)

Quando o piloto americano Francis Gary Powers (Austin Stowell) é capturado pela União Soviética durante a Guerra Fria após ter seu avião de espionagem derrubado, seu destino cai nas mãos de James Donovan (Tom Hanks), um advogado especializado em seguros que deve defender o espião soviético Rudolf Abel (Mark Rylance),  capturado pelos americanos, na esperança de conseguir negociar a troca dos prisioneiros.

Duração: 2h22

Promakhos (2014)

A trama, dirigida por Coerte e John Voorhees, se desenvolve quando os advogados gregos Andreas (Pantelis Kodogiannis) e Eleni (Kassandra Voyagis) decidem processar o British Museum com o objetivo de conseguir a devolução dos mármores do Partenon à Grécia, batalhando a desestabilidade social da crise econômica que assola Athena.

Duração: 1h43

Disponível na Netflix

O Juiz (2014)

O filme demonstra um recorte da vida do arrogante e bem-sucedido advogado Hank Palmer (Robert Downey Jr.), que se vê obrigado a retornar à sua pequena cidade natal para atender ao velório de sua mãe. Depois de muito tempo distante da família por desavenças com o pai, o juiz Joseph Palmer (Robert Duvall), Hank descobre que seu pai está sendo acusado de assassinato.

Duração: 2h22

A Acusada (2014)

Mais um drama jurídico baseado em uma história real, A Acusada é baseado na história de Lucia de Berk, uma enfermeira Holandesa acusada de quatro assassinatos e três tentativas. Criminalizada pela mídia, que a apelidou de “Anjo da Morte”, e rotulada como assassina pela população, sua única esperança de evitar a prisão perpétua que a promotora do caso luta incansavelmente para conseguir, é provar que os dirigentes do hospital manipularam o caso para obter vantagem,

Duração: 1h37

Hannah Arendt – Ideias Que Chocaram o Mundo (2012)

Após fugir de um campo de concentração nazista durante a Segunda Guerra Mundial, a filósofa Hannah Arendt (Barbara Sukowa) e seu marido Heinrich (Axel Milberg) se refugiam nos Estados Unidos da América, até que surge a oportunidade para Hannah de cobrir o julgamento do oficial nazista Adolf Eichmann, em Jerusalém, para a famosa revista The New Yorker. Escrevendo 5 artigos sobre o caso, seus textos repercutem na imprensa, gerando grande polêmica por reportarem fatos desconhecidos, como a participação de judeus em crimes de guerra.

Duração: 1h53

Código de Honra (2011)

A história tem início quando Vicky (Vinessa Shaw), após contrair AIDS ao ser acidentalmente picada por uma seringa contaminada com o vírus HIV desenvolve, contando com a ajuda de seu amigo Jeffrey Danfort (Marshall Bell), uma agulha que pode ajudar a prevenir acidentes como esse, mas todos se recusam a comprar a patente da inovação. Após a decepção, a enfermeira decide procurar os advogados Mike Weiss (Chris Evans), que é viciado em cocaína, e Paul Danzinger (Mark Kassen), que tem uma vida estável para ajudá-la em um caso contra uma renomada companhia médica.

Duração: 1h40

Disponível na Prime Vídeo (Amazon)

O Poder e a Lei (2011)

O filme, dirigido por Brad Furman a partir de um roteiro de John Romano, se desenvolve quando Mick Haller (Matthew McConaughey), um carismático advogado criminal de Los Angeles que trabalha no banco de trás de seu carro, um Lincoln Town Car preto, é contratado pelo milionário Louis Roulet (Ryan Phillippe) para defendê-lo de uma acusação de assassinato. O que parecia ser um caso simples se transforma em uma história obscura cheia de manipulação, onde o protagonista começa a se questionar e descobre que pode estar sendo alvo de perseguição.

Duração: 2h

Disponível na Prime Vídeo (Amazon)

Bernie: Quase um Anjo (2011)

Variando um pouco do habitual drama, essa produção, que teve como diretor o norte-americano Richard Linklater se passa na cidade de Carthage, no Texas, e tem uma narrativa de humor negro, contando o caso de Bernie Tiede (Jack Black), que é diretor de uma funerária confessa ter assassinado a viúva otagenária rica Marjorie Nugent (Shirley MacLaine), com quem tinha se casado há algum tempo. O caso, que é uma história real, ganhou notoriedade pelo fato da vítima ser conhecida como uma pessoa rude, enquanto o assassino era adorado por todos na pequena cidade.

Duração: 1h44

A Condenação (2010)

Como a maioria dos filmes dessa lista, A Condenação foi inspirada em uma história real. Na trama, a garçonete Betty Anne Waters (Hilary Swank) abandona tudo para estudar Direito e assim poder defender seu irmão, Kenny Waters (Sam Rockwell), de uma acusação de assassinato que culminou em uma sentença de prisão perpétua. Por acreditar na inocência de seu irmão e não ter dinheiro para pagar um advogado, a jovem dedica anos na esperança de libertar seu irmão.

Duração: 1h46

Disponível na Prime Video (Amanzon)

E você, já assistiu algum? Pretende ver todos? Acha que faltou algum filme na lista? Conta pra gente nos comentários!

[mautic type="form" id="7"]

Receba conteúdos e estratégias atualizadas de Marketing Jurídico gratuitamente!

Sobre o autor
Compartilhe
Oi, Dúvidas sobre Marketing Jurídico?
Suporte 3MIND
Olá, como está?
É um prazer falar com você!!
Qual é sua dúvida?