Conteúdos

Escritório de advocacia na primeira página do Google

Pesquisa em tela do Google

Por que é tão difícil posicionar um escritório de advocacia na primeira página do Google? O primeiro ponto importante que o advogado que busca uma posição na primeira página do Google precisa entender é que são apenas 10 posições orgânicas (não pagas) disponíveis, e 93% dos usuários visualizam apenas a primeira página do Google. Ou seja, a competição é muito grande!

Por isso, como especialistas em marketing jurídico, trazemos algumas dicas sobre como se posicionar para competir de igual para igual com outros escritórios de advocacia que já atendem os critérios de SEO do Google e já conquistaram suas posições na primeira página da plataforma. Esse conteúdo foi feito com base no vídeo Meu escritório na primeira página do Google. Como?, disponível em nosso canal do YouTube.

O QUE É SEO?

SEO ou Search Engine Optimization é o nome dado para técnicas e ferramentas de otimização de sites e conteúdos para mecanismos de busca, ou seja, ele facilita a leitura do Google e de outros buscadores, objetivando um ranqueamento melhor para o site. Atualmente já são mais de 200 fatores levados em consideração pelo Google para análise de SEO e definição de ranqueamento. Por isso não existe uma “receita de bolo” para essa prática. 

O Google muda seu algoritmo e suas funcionalidades com muita frequência, para evitar que o sistema seja burlado. Com isso fica muito difícil entender e aplicar todos os critérios necessários para conseguir o resultado de aparecer na primeira página do Google usando apenas o SEO em “curto ou médio prazo”.

Confira também 3 dicas para ajudar a colocar o seu escritório de advocacia na primeira página do Google.

OUTROS FATORES QUE TAMBÉM CONTAM PARA POSICIONAR UM ESCRITÓRIO DE ADVOCACIA NA PRIMEIRA PÁGINA DO GOOGLE

O tempo de domínio conta muito para se obter um bom ranqueamento no Google. Com isso os escritórios de advocacia mais antigos, que sempre tiveram um site e presença digital, acabam tendo uma vantagem sobre advogados iniciantes. Mas esse domínio precisa estar sempre sendo atualizado com conteúdo relevante para manter a autoridade.

Em segundo lugar, a produção de conteúdos bem feita e frequente também colabora, e muito, para galgar posições orgânicas no Google. Com isso em mente, é interessante observar a quantidade de conteúdo publicado mensalmente nos escritórios de advocacia que estão na primeira página do Google. A média pode variar de 4 a 20 conteúdos publicados mensalmente. Levando em consideração que demora-se entre 3 e 4 horas para produzir um conteúdo de qualidade. Pense como encaixar essa rotina na sua agenda? Você vai levar 24 horas, ou uma semana, só para produzir conteúdo para o blog do escritório de advocacia.

Por isso é tão difícil competir com quem já está em primeiro lugar do Google. Por meio dessa demanda surgiram empresas especializadas, como a 3MIND, que produzem conteúdo para advogados, enquanto eles cuidam de outras questões técnicas do escritório.

Mas e se o advogado não tem grana para contratar uma agência de marketing jurídico?

Para os advogados iniciantes que vão produzir seus próprios conteúdos, a dica é simples: mire primeiro na frequência, seja constante, isso vai fazer toda a diferença no longo prazo e tenha foco, fale sempre do mesmo assunto com diferentes abordagens. Se você falar sobre áreas muito distintas o Google vai demorar mais para entender a sua autoridade.

Veja também os erros mais cometidos por advogados iniciantes no marketing jurídico.

Fale sobre direito societário, por exemplo, e detalhe todas as dúvidas possíveis nesse nicho específico. Em um ano, você vai ter 48 conteúdos falando sobre um determinado assunto, e isso vai trazer um posicionamento melhor para o site do escritório de advocacia, do que 10 conteúdos para 4 assuntos diferentes.

Em uma busca sobre LGPD, por exemplo, no momento de produção deste conteúdo era o escritório Machado Meyer. Qual é o diferencial deles? Tempo de domínio, frequência de publicações, conteúdo longo e técnico, mas o principal ponto são os Referrals. Ou seja, outros sites e escritórios referenciam o seu conteúdo. Essa referência é quando um outro site cita o seu domínio. Quanto maior a relevância deste outro canal, o Google entende que o seu site também é relevante e aumenta os pontos desse site, que acaba ganhando posições no ranqueamento.

Com isso entende-se que a produção de conteúdo é o principal pilar de uma estratégia de marketing jurídico que busca a primeira página do Google. O buscador quer entregar informação e os fatores criados para ranqueamento evitam que sites se posicionem na primeira página de maneira injusta. Siga o Código de Ética da OAB, seja consultivo e entregue informação de valor para os usuários, pode demorar um pouco, mas no futuro o seu escritório de advocacia irá colher os frutos de uma boa posição orgânica na pesquisa do Google.

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário, caso ainda tenha alguma dúvida sobre como desenvolver uma estratégia de marketing jurídico para alcançar a primeira página do Google.

[mautic type="form" id="7"]

Receba conteúdos e estratégias atualizadas de Marketing Jurídico gratuitamente!

Sobre o autor
Compartilhe
Oi, Dúvidas sobre Marketing Jurídico?
Suporte 3MIND
Olá, como está?
É um prazer falar com você!!
Qual é sua dúvida?