Conteúdos

Direito pós pandemia: áreas promissoras 2021

Advogados discutem áreas promissoras no direito pós pandemia

A pandemia do novo coronavírus virou o mundo de cabeça para baixo e a área do Direito foi uma das mais afetadas no Brasil. Isso porque foram aprovadas mais de 50 Medidas Provisórias para amenizar os impactos da crise sanitária e econômica no país.

Com base nesse cenário desenvolvemos um artigo com as expectativas para o Direito pós-pandemia e as áreas promissoras na advocacia para 2021, um conhecimento fundamental para os advogados que ainda estão buscando um nicho de mercado para especialização e iniciando um processo de planejamento estratégico de marketing jurídico digital

Vamos começar com as áreas da advocacia mais requisitadas no momento de pós-pandemia recente, seguindo o fluxo das novas legislações e medidas provisórias aprovadas pelo Governo.

Direito pós pandemia: áreas mais requisitadas

As áreas do direito mais requisitadas ainda em 2020 são aquelas mais afetadas pelas Medidas Provisórias e novas legislações aprovadas durante a pandemia, abaixo destacamos as principais.

Direito Trabalhista

O Direito Trabalhista sem dúvida foi uma das áreas mais afetadas pela pandemia do novo coronavírus, isso porque com o isolamento social muitos trabalhadores tiveram que ficar em casa, empresas pararam as fábricas e a economia sofreu um grande golpe.

Para amenizar os impactos da crise no país o Governo sancionou diversas medidas provisórias, das quais algumas viraram leis, para manter os empregos. A redução da jornada de trabalho e a suspensão de contratos de trabalho foram as medidas mais usadas por empresários para manterem seus trabalhadores, nelas o Governo fica responsável pelo pagamento ou parte do pagamento desses colaboradores.

A antecipação de férias, trabalho remoto e banco de horas também ganharam novas legislações, e o FGTS também teve seu pagamento atrasado.

De acordo com especialistas as medidas trabalhistas foram uma forma imediata de lidar com a crise, mas os desmembramentos das novas legislações só começarão a ser vistos após o fim da pandemia e retorno dos trabalhadores para as empresas. Gerando uma demanda ainda maior para os profissionais da área trabalhista.

Direito Empresarial e M&A (fusões e aquisições)

As empresas de todo o mundo foram fortemente impactadas pela pandemia e crise econômica que ela gerou, por isso os processos de fusões e aquisições se intensificaram, assim como ações de falência e recuperação judicial.

No direito empresarial é importante que o advogado busque soluções jurídicas que se adequem ao mercado do seu cliente, buscando especializar-se nesse nicho de mercado com legislações específicas para startups ou empresas de energia, por exemplo.

Direito Tributário

Com a crise econômica gerada pela pandemia o pagamento de impostos e tributos passou para o fim da lista de prioridades do empresários e muitos se tornaram inadimplentes com o fisco. Muitas medidas provisórias foram aprovadas para ajudar o empresário a enfrentar a crise e muitos impostos foram atrasados e renegociados.

Nesse cenário cabe ao advogado tributarista encontrar soluções jurídicas para recuperar créditos pagos em excesso e realizar um planejamento tributário para as empresas em apuros, melhorando as condições do fluxo de caixa e mantendo a saúde financeira dos negócios.

Com a Reforma Tributária esses profissionais serão ainda mais valorizados e devem adequar o sistema de seus clientes para encaixar-se as novas regras que estão por vir.

Direito Contratual / Direito Imobiliário

A renegociação de contratos bateu recordes em 2020, isso porque em uma situação sem precedentes como a pandemia do novo coronavírus, o direito conciliatório foi fundamental para que as partes pudessem entrar em acordo e manter as relações contratuais, sem causar um desequilíbrio para nenhum dos lados.

No direito imobiliário a renegociação de aluguéis, de contratos de compra e venda, entrega de imóveis, aluguéis comerciais (especialmente em shoppings centers), foram os campeões de buscas na internet e com isso a área ganhou muita notoriedade no mercado.

Direito do Consumidor

Com o isolamento social o mercado do turismo e do entretenimento foram os mais afetados. Shows cancelados, passagens perdidas, viagens impossibilitadas. Tudo isso causou grande confusão e o direito do consumidor foi fundamental para organizar o caos. Medida provisórias também foram aprovadas para garantir o equilíbrio nas relações de clientes e empresas, e o ressarcimento e/ou remarcação dos itens foi regulamentado.

A pandemia também gerou um aumento no número de compras online e com isso surgiram problemas com entregas de produtos, cancelamento de compras, estorno de cartão de crédito, atrasos, produtos defeituosos e muitos outros. Nesse cenário o direito do consumidor e o Procon também se mostraram essenciais para estabelecer o equilíbrio entre as partes e garantir o cumprimento dos contratos online.

Direito Previdenciário

O INSS já tinha começado um processo de digitalização com o Meu INSS e durante a pandemia esse serviço foi fundamental para garantir os benefícios previdenciários de muitos brasileiros. Porém, ainda existe muito espaço para melhora e uma das novidades é a Perícia Online, com todas essas mudanças os profissionais da área precisam ficar atentos sobre a melhor forma de orientar seus clientes nos processos previdenciários, que agora serão ainda mais digitais.

Também cresceu a demanda da área quando a COVID-19 foi considerada doença ocupacional garantindo um benefício extra para os trabalhadores contaminados no ambiente de trabalho, e a área ainda vai pegar uma rebarba das mudanças trabalhistas uma vez que ainda está no ar se a redução de jornada e a suspensão de contratos durante a pandemia vai afetar diretamente no pedido ou tempo de aposentadoria dos trabalhadores.

Direito de Família

A procura por advogados de família aumento 177% durante a pandemia, apenas para pedidos de divórcio, também houve um aumento de mais de 300% na procura por testamentos durante o período. Ou seja, essa é uma área que ganhou muita força em 2020 e deve seguir em alta para o próximo ano com os desdobramentos sociais da pandemia.

E quais novas áreas despontaram em 2020 e serão uma aposta certeira para os advogados em 2021?

Áreas que tem previsão de crescimento em 2021

O mundo está mudando em uma velocidade assustadora e com isso as demandas relacionadas ao mercado também mudam, e o direito não fica de fora, por isso cabe ao advogado estar de olho nas tendências do mercado para conquistar um espaço na nova economia. veja algumas áreas promissoras para 2021 segundo especialistas no mercado jurídico.

Infoprodutos e contratos de lançamentos digitais

A advogada Flávia Maria, comprovou em entrevista para o 3MINDCAST que os infoprodutos e contratos para lançamentos digitais são um mercado em ascensão e precisam de profissionais jurídicos capazes de atenderem as suas particularidades. Escute o podcast na íntegra abaixo:

Dropshipping

Segundo informações do site Ecommerce Brasil “a modalidade do dropshipping consiste em receber pedidos de seus clientes e encaminhar estas ordens de compra ao seu fornecedor, que cuidará do envio dos produtos para os seus clientes em nome da empresa”. O que pode acontecer nacionalmente ou internacionalmente.

Com o crescimento do comércio eletrônico essa é uma área para ser explorada por profissionais jurídicos que já trabalham com comércio exterior e até mesmo na área de contratos.

Foco em grupos específicos que falam a língua do advogado

O advogado Rodolfo Garcia compartilhou uma teoria interessante para o futuro do Direito, o foco em grupos específicos que falam a língua do advogado e compartilham os mesmos interesses. É o tal do unir a fome com a vontade de comer, sabe como? 

Rodolfo orienta os advogados iniciantes e até mesmo experientes a compartilhar conhecimentos jurídicos com o Grupo da cerveja artesanal, Grupos dos Geeks ou colegas de Jogos Online, Grupos de esportes (ou da pelada do final de semana), Grupo de motoqueiros, entre outros.

Segundo o advogado é muito mais fácil surfar uma onda do mercado quando o advogado já está no mar e unir interesses pessoais com a carteira de clientes é o primeiro passo para conquistar novos nichos de mercado.

Novos nichos de mercados

O empresário Yuri Mello também compartilhou seu ponto de vista sobre novos nichos de mercado para advogados e reforçou três pilares: logística, e-commerce e mercado financeiro.

Mas não se engane, não é apenas nas áreas do direito que a pandemia vai afetar a advocacia do Brasil, veja abaixo como o mercado jurídico também será afetado pela mudança de cenário global pós-pandemia.

Como a pandemia ainda pode afetar o Direito brasileiro

O cenário mundial pós-pandemia ou novo normal, como tem sido chamado, vai afetar inúmeras áreas do mercado e o Direito também terá que se adequar a essas mudanças. Selecionamos tr6es pilares que vão afetar o mercado jurídico após a pandemia.

Trabalho remoto e ensino a distância

O trabalho remoto ou home office ganhou força com o isolamento social, mas pesquisas mostram que ele veio para ficar, com isso a legislação trabalhista terá que se adequar a essa nova modalidade, assim como os advogados tanto de pessoas físicas como jurídicas.

O mesmo vale para o ensino a distância, que já era uma realidade antes do coronavírus e deve crescer muito nos próximos anos, nesse sentido os contratos de prestação de serviços devem ser específicos para esse tipo de atividade, tanto para clientes quanto para funcionários.

Escritórios de advocacia digitais e softwares jurídicos

Para os advogados iniciantes uma nova realidade, muito promissora, são os escritórios digitais, nos quais com um belo site para advogados e uma estratégia forte de marketing digital para advogados é possível captar clientes em todo o mundo.

Os softwares jurídicos também são um aliado para os advogados, tudo em um, ou seja, profissionais autônomos que lutam em todas as frentes do escritório. Eles ajudam a manter prazos jurídicos, ajudam com cálculos jurídicos e muitas outras funções que facilitam o dia a dia do profissional.

Tribunais e audiências online

As audiências online se tornaram uma realidade e devem se manter no mercado jurídico, pois facilitam e agilizam os processos, com isso também surgem os tribunais online e cada vez mais os advogados precisam estar conectados e manter uma presença digital.

Ou seja, o mercado jurídico agora também é online e a interface do computador ganhou novos horizontes com a pandemia. 
Se você ainda precisa se inteirar desse novo cenário comece se inscrevendo no curso gratuito de Marketing Jurídico da 3MIND e comece agora mesmo o seu planejamento para 2021.

[mautic type="form" id="7"]

Receba conteúdos e estratégias atualizadas de Marketing Jurídico gratuitamente!

Sobre o autor
Compartilhe
Oi, Dúvidas sobre Marketing Jurídico?
Suporte 3MIND
Olá, como está?
É um prazer falar com você!!
Qual é sua dúvida?