Conteúdos

Como ser um advogado de sucesso

Como ser um advogado de sucesso no mercado digital

O mundo é digital, e isso é um fato que foi apenas acelerado pela pandemia do novo coronavírus.oi aí que a advogada Flávia Maria, expert em empreendedorismo jurídico, conseguiu, em meio à crise, mudar o foco dos clientes “off-line” para “on-line” e acelerar o crescimento do seu escritório de advocacia.

Com base na entrevista da Flávia para o 3MINDCAST que você pode conferir na íntegra abaixo, selecionamos algumas dicas práticas sobre como ser um advogado de sucesso no mercado digital.

A imersão da Flávia no segmento denominado por “lançadoras digitais e infoprodutores” fez com que ela se tornasse autoridade por dominar o linguajar do mercado e as nuances jurídicas por trás das operações digitais. Fato que facilitou a adaptação da advogada ao marketing digital e a captação de clientes pela internet.

Nesse conteúdo trazemos algumas dicas da especialista sobre como ser um advogado de sucesso, se adaptar ao mercado digital e, consequentemente, ao marketing digital para advogados.

O sucesso é uma decisão diária” – Flávia Maria

1. Pensar fora da caixa

Muitos advogados ainda estão olhando para o próprio umbigo, sendo apenas especialistas em matérias do próprio direito, isso os torna especialistas em escassez. Isso porque essas matérias são limitadas, o que funciona no mercado globalizado e digital é o nicho.

Quando você olha para o nicho existe um mundo infinito de possibilidades, aí é possível ser generalista de um nicho, performando em todas as áreas do direito em um nicho de mercado.

Por isso os advogados precisam parar de olhar para si e olhar para o mercado e para o problema do cliente. Isso é disruptivo, desconfortável e uma mudança de mindset.

Observe este exemplo com a diferença de olhar para uma área do Direito x Nicho:

Área do Direito – Trabalhista Empresarial
Nicho de Mercado – Trabalhista na Área Financeira (assessores de investimento)

Área do Direito – Empresarial Full-service
Nicho de Mercado – Lançadores Digitais, empresas que faturam até 1 milhão em 7 dias de campanha. 

2. Nicho digital

O nicho do mercado digital é um oceano azul de oportunidades, os infoprodutores como são chamados, são os influenciadores que conseguem gerar um volume de vendas expressivo a partir da venda de cursos e outros serviços pela internet, trata-se de uma metodologia própria de venda, é literalmente um mundo à parte..

Com o coronavírus esta “ramificação” do mercado digital cresceu absurdamente. É um mercado de grande faturamento, com um dialeto próprio dentro do universo de marketing digital.

Poucos advogados conhecem as minúcias desse mercado, para trabalhar com digital, é preciso estudar marketing digital e entender como ele funciona, muito além do que você que está acostumado com as tradicionais ações de impulsionamento em redes sociais como Facebook, Instagram e Linkedin, estamos falando de um mercado milionário em que os profissionais chegam a investir apenas em 7 dias + de 500.000 reais em impulsionamento

É preciso falar a língua do seu interlocutor, o cliente precisa se sentir seguro e acolhido. Cabe ao advogado ouvi-lo, saber seus medos, problemas e conhecer as minúcias do negócio. Ser referência em um nicho, seja no digital, ou qualquer outro é o segredo para ter sucesso na advocacia.

“Para entrar no jogo é preciso conhecer as regras.” – Flavia Maria

3. Cada macaco no seu galho

Advogado não perca tempo fazendo o que você não sabe fazer, não é a toa que existem empresas para fazer marketing jurídico. Cada um deve “perder” seu tempo com o que faz de melhor.

Isso se estende para as cadeiras estratégicas do escritório, cada um dos sócios deve representar a área que melhor atua, seja em uma matéria do direito, em um nicho de mercado, em geração de negócios e por aí vai. Se nenhum dos sócios entende de marketing jurídico, por exemplo, contrate alguém que entenda para assumir essa função.

4. Ganhe os seus super-poderes

Como ser um advogado super-poderoso? Conheça os problemas e as dores do seu cliente, é isso que ele quer. O advogado que consegue prever os problemas do cliente e salvá-lo dele mesmo é um advogado de sucesso.

Entre as inúmeras formas de compreender as dores do cliente, a principal é através de entrevistas com profissionais do setor começando com uma simples pergunta como: “Poderia me compartilhar um problema/preocupação comum ou risco neste mercado?”. 

5. Faça parcerias necessárias

Desista de empilhar títulos e da chamada “obesidade de informações” que você não sabe como usar depois e crie parcerias para complementar o serviço que você entrega para o cliente, com outros colegas que tenham conhecimentos complementares aos seus. Sempre em busca de resolver os problemas dos clientes.

6. Funil de vendas na Advocacia

O funil de vendas eficiente é uma ferramenta muito simples para que o advogado não deixe dinheiro parado na mesa. O advogado muito focado em entregar soluções jurídicas para o cliente se esquece dos negócios em andamento.

O Trello é uma ferramenta gratuita que pode ajudar os advogados a acompanhar os novos negócios. Ao criar as fases que existem no seu processo de negociação, além de mais organizado, você se sentirá mais seguro quanto às decisões e tarefas importantes em cada momento da jornada de compra.

As etapas do funil que fazem sentido para mim são personalizadas para cada cliente. Um funil de vendas relacionado a um evento são diferentes das etapas do funil de uma rede social, por exemplo.

O relacionamento é a única etapa do funil de vendas que é sempre necessária. Começou como oportunidade, vai fechar como negócio. O relacionamento é o meio do caminho entre o primeiro contato e a assinatura do contrato. O follow up e um diário de bordo do atendimento do cliente é fundamental.

O melhor momento para fechar negócio é na hora de entrega da proposta!

Aí é preciso entender: qual canal de vendas está funcionando? E qual etapa do funil você precisa pesar mais a mão e colocar mais energia, onde aumentar a performance para melhorar o número de contatos em contratos?

Entenda melhor o funil de vendas:

7. Redes Sociais para Advogados

As pessoas estão nas redes sociais, mas a persona dos Instagrams de advogados é, geralmente, o advogado e não o cliente. Por isso, quanto mais especializado for o advogado, mas fácil direcionar a persona. Porque o cliente não é um persona específica. O “infoprodutor” por outro lado é uma persona que aí sim gera resultados via redes sociais, principalmente por meio de direct.

Mesmo o advogado que fala para o advogado, se o conteúdo for específico e reconhecido, vai acabar atingindo o cliente final. No fim das contas a rede social continua sendo uma ferramenta de relevância digital, posicionamento e branding.

Fechar negócios via rede social é um ponto fora da curva, muito difícil, mas trabalhar a rede social com outras estratégias expostas nesse artigo como o nicho de mercado e até mesmo um sub-nicho como o do infoprodutor ou de agências de lançamento pode ser o diferencial para gerar negócios.

8. Fique de olho no mercado

A oportunidade do momento é o universo digital. O Erico Rocha, por exemplo, que tem milhares de alunos e + de 1,6 milhões de seguidores no Instagram, basta pensar que cada um desses alunos vai se tornar um lançador e precisa de uma assessoria jurídica especializada. Com esse exemplo simplista fica muito fácil de entender que o universo é infinito.

O lançamento de infoprodutos tem crescido dia a dia e demanda um cuidado jurídico, como em todos os mercados, as pessoas estão mais atentas à necessidade de profissionalização e de um advogado para ajudar nesse processo.

Existem agências de lançamentos gigantes que não tem assessoria jurídica, porque a mão de obra na área é escassa, poucos advogados entendem as minúcias desse mercado.

Os advogados ainda estão se digladiando no off-line sem enxergar as possibilidades infinitas do on-line.

Sempre que você for impactado por um anúncio nas redes sociais, entre neste anúncio e veja quais seguranças jurídicas você pode dar para essa ação comercial, seja por impostos, seja de LGPD, mas antes disso conheça o mercado digital e crie soluções personalizadas para este cliente em potencial.Agora que você já tem todas as dicas de como ser um advogado de sucesso, inscreva-se nos cursos gratuitos de marketing jurídico da 3MIND e melhore a divulgação dos seus serviços!

[mautic type="form" id="7"]

Receba conteúdos e estratégias atualizadas de Marketing Jurídico gratuitamente!

Sobre o autor
Compartilhe
Oi, Dúvidas sobre Marketing Jurídico?
Suporte 3MIND
Olá, como está?
É um prazer falar com você!!
Qual é sua dúvida?