Conteúdos

Banner na advocacia: como usar?

Advogado com banner em branco para o escritório de advocacia

Para que o sucesso esteja garantido no mundo dos negócios, é importante investir na criação de uma boa comunicação visual. Ela é extremamente importante, no sentido de ser uma forma excelente de divulgação e de estratégia de marketing.

O seu uso estabelece parâmetros que criam e facilitam as chances dos empresários alcançarem as metas e objetivos estabelecidos no planejamento anual de cada marca ou empresa, de modo a render resultados positivos através da elaboração de conceitos, mensagens e ideias criadas pelos profissionais de comunicação, marketing e design.

Portanto, se você busca uma maneira de construir uma identidade visual exclusiva e capaz de despertar a curiosidade do público, deve buscar a ajuda de profissionais que possuam um conhecimento diferenciado e com conhecimentos específicos nas áreas citadas acima.

Assim sendo, existem alguns recursos que devem ser usados para garantir o sucesso da empreitada, como:

  1. Vídeos institucionais;
  2. Cores chamativas;
  3. Tipografias personalizadas;
  4. Desenhos;
  5. Ilustrações;
  6. Formas geométricas;
  7. Fotografias.

Esses elementos podem ser utilizados de maneira a transmitir um conceito, mensagem ou ideia para os clientes. As suas formas tanto podem ser aplicadas individualmente ou em conjunto, para que a comunicação visual seja realizada de maneira clara, objetiva e simples.

Dessa maneira, a imagem da marca ou da empresa no seu ramo de atuação pode ser potencializada e consolidada ao máximo.

Entre as técnicas mais utilizadas atualmente, está o banner, e é justamente sobre ele que este artigo irá falar. Afinal de contas, banner na advocacia: como usar? Confira abaixo!

O que é um banner

Utilizada principalmente para apresentações em eventos e divulgação de estabelecimentos comerciais, o banner é uma peça fabricada em tamanhos maiores, sempre produzidos em um tamanho maior do que 40x60cm.

Assim sendo, é um material promocional que precisa, ao mesmo tempo, ser uma peça chamativa e transmitir a mensagem desejada de uma determinada marca ou produto, seja ela acadêmica ou comercial. Não existe tamanho máximo para a sua fabricação e impressão, mas para o tamanho dos padrões de saída das impressoras, a média em metros é de 3,20.

Entre as principais características que o banner deve apresentar, estão:

  1. Visibilidade, se destacando no lugar onde for colocado;
  2. A mensagem exposta nele deve convencer o público-alvo, ou seja, conquistar o interesse das pessoas;
  3. Deve-se gerar credibilidade e confiança, diferenciando-se dos concorrentes;
  4. Deve gerar alta exposição para a marca;
  5. A comunicação deve ser feita de forma rápida e prática, com o banner sendo fabricado em material leve e de fácil manipulação;
  6. Alta resistência, com possibilidade de reutilização sem danificação;
  7. Versatilidade, com o banner podendo ser aplicado em diferentes ocasiões;
  8. Excelente custo-benefício.

Entre os tipos de banner mais populares, estão os seguintes modelos:

  1. Acabamento em Ilhós;
  2. Banner Roll Up;
  3. Banner suspenso;
  4. Flying banner;
  5. L banner;
  6. Madeira com Estirante.

Desse modo, para começar a produzir um banner, deve-se procurar primeiramente uma boa gráfica, para garantir um serviço de qualidade. Após a escolha do material e do formato a ser utilizado, ocorre a definição do design para envio posterior à gráfica.

Posso usar banner na advocacia?

É essencial o uso de uma comunicação eficiente para criar um bom relacionamento com os clientes. A criação de uma identidade visual que seja bem elaborada e direta será responsável pelo público reconhecer a sua empresa com facilidade, podendo gerar inúmeros negócios na sua área de mercado.

Entre os elementos mais certeiros para o fortalecimento da imagem dos escritórios de advocacia e também dos advogados, está o marketing jurídico. É a estratégia mais indicada para não apenas divulgar os serviços, mas também fidelizar os clientes, gerando maiores oportunidades de fechamento de contratos, além de excelentes resultados.

Dessa maneira, além do marketing jurídico, o investimento na criação de materiais gráficos e o uso de redes sociais são alternativas excelentes para divulgar o seu negócio, obedecendo às regras vigentes para, desse modo, atingir os objetivos desejados.

O banner é uma das principais ferramentas de divulgação, utilizado amplamente para apresentações em conferências, palestras e outros eventos, além de ganhar destaque em estabelecimentos comerciais. Por ser impresso em grandes formatos, com materiais resistentes, tende a chamar muita atenção para o que está sendo divulgado nele.

Com a finalidade de ser um convite para o contato com a marca ou empresa, o banner é um material totalmente indicado para que as pessoas (e potenciais clientes) conheçam o profissional e o seu escritório de advocacia.

Durante o processo de criação do banner, é importante definir quais informações estarão inseridas, como:

  1. Nome do profissional;
  2. Nome da sociedade;
  3. Número da OAB;
  4. Campo de atuação do escritório;
  5. E-mail;
  6. Endereço;
  7. Telefone;
  8. Redes sociais e site.

Desse modo, respondendo à pergunta deste tópico: sim, pode-se usar banner na advocacia. Até porque, através dos dados contidos nesse tipo de material, será possível os indivíduos encontrarem o seu escritório e se tornarem futuros clientes.

Para a criação deste e de outros materiais de comunicação, é importante que se procure uma gráfica de confiança, de preferência aquelas que realizam impressões a laser, para que o acabamento da impressão seja de extrema qualidade.

Como fazer um banner na advocacia de acordo com o código de ética da OAB?

A OAB não autoriza o uso da publicidade por profissionais de advocacia, com o único intuito de captar possíveis clientes. É indicado que eles possuam discrição e sobriedade, aplicando conteúdos de caráter informativo, desde que essa ideia não estimule o litígio, muito menos a mercantilização da advocacia, segundo o art. 39 da resolução 02/2015.

Mas nem todas as orientações acerca do assunto são precisas. A expressão “com discrição e sobriedade” acaba ficando dentro de um conceito aberto, pois tudo o que é sóbrio e discreto pode possuir um caráter diferenciado de pessoa para pessoa, quase sempre sendo traduzido por uma interpretação individual.

Assim sendo, existem algumas dicas que podem ser seguidas, dentro do que é previsto no Código de Ética da OAB, sobre o que não se pode fazer na hora de criar um banner do seu escritório de advocacia:

  • Não é possível divulgar os serviços de advocacia em TV, rádio e outdoors, utilizando a arte do banner como referência;
  • O advogado só pode participar de programas televisivos se for sobre assuntos referentes à esfera judicial, jamais para divulgar o banner;
  • Não é permitido vincular o serviço de advocacia a outros tipos de comércio no banner;
  • O advogado só pode escrever, em publicações como jornais e revistas, sobre temas ligados ao universo jurídico, sendo que jamais pode utilizar esses meios para divulgação de seus serviços.

Ou seja, no banner para divulgação do escritório de advocacia, só é possível utilizar as informações dispostas no tópico anterior, obedecendo as normas da OAB.

Minimalismo

Apesar de muitos pensarem isso, o minimalismo e a simplicidade não são exatamente sinônimos. O minimalismo elimina elementos excessivos que possam dificultar o entendimento e não atender às expectativas do público acerca da marca ou do produto.

Por ser atemporal, o minimalismo é um estilo que funciona perfeitamente para todo e qualquer logotipo. Muitas marcas, como a Nike, já aderiram ao seu uso por entender que é importante deixar a marca da empresa estabelecida, apelando para uma identidade corporativa que seja limpa e concisa.

Nos últimos tempos, prevalecem logos com poucos detalhes e em formas simples. Isso facilita a introdução das suas propostas em diferentes tipos de mídias e plataformas, aproveitando todas as possibilidades que o consumo de tecnologia e redes sociais fornecem aos usuários.

Cores

A absorção e interpretação das cores faz parte de um processo que passa por três fases: a identificação, o sentimento despertado e os significados criados pela imagem. É uma estratégia capaz de impactar todos que observarem as cores desse procedimento.

Exatamente por saber que o cérebro humano é influenciado pelas cores, que as empresas utilizam constantemente esse recurso para fortalecer o conteúdo de suas peças visuais.

Fontes

Existem diversos tipos de fontes que podem ser utilizadas na elaboração da identidade visual de sua empresa. De toda forma, é importante que a tipografia esteja sempre legível e de acordo com o espírito da sua organização. Para os escritórios de advocacia, são indicadas as fontes mais sóbrias, mas nada impede uma certa ousadia, aplicando alguma fonte que esteja mais fora da convencionalidade.

Texto

O texto para banner deve ser totalmente objetivo. Portanto, seja direto e coloque as informações mais relevantes, escolhendo muito bem as palavras. Se for necessário, diminua a quantidade de texto e aumente a fonte. De toda maneira, um texto objetivo e com contraste entre o fundo e as letras facilita a leitura e chama a atenção. 

O que pode em um banner na advocacia

Como citamos em alguns tópicos acima, no banner devem estar contidas todas as informações relevantes sobre o escritório de advocacia: nome do profissional, registro da OAB, dados para contato e a área de atuação. Tudo com  um texto objetivo e chamativo.

O que não pode em um banner na advocacia

Nunca insira informações explícitas, como se estivesse fazendo a propaganda da venda de algum produto. O Código de Ética da OAB não permite a possibilidade de mercantilização da advocacia, logo, você só poderá inserir informações específicas, como as citadas no tópico acima.

Como usar o banner no marketing jurídico?

O banner pode ser utilizado no marketing jurídico de modo a apresentar alguma dica jurídica, acompanhada de uma boa arte criativa. Lembre-se que ele, em nenhum momento, pode fazer propaganda mercadológica de sua empresa.

Ainda restam dúvidas? Entre em contato conosco, teremos o maior prazer em responder!

[mautic type="form" id="7"]

Receba conteúdos e estratégias atualizadas de Marketing Jurídico gratuitamente!

Sobre o autor
Compartilhe
Nós usamos cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência em nossos serviços, personalizar publicidade e recomendar conteúdo de seu interesse. Ao utilizar nossos serviços, você concorda com tal monitoramento. Informamos ainda que atualizamos nossa Política de Privacidade.