Advogados nas redes sociais fecham mais negócios?

Advogado olhando resultados do Marketing Digital nas suas Redes Sociais

Guilherme Barbosa

Será que os advogados que bombam nas redes sociais fecham mais negócios? Uma das dúvidas que mais recebemos na 3MIND é se as curtidas ou o número de seguidores que um advogado nas redes sociais com canal de YouTube, por exemplo, convertem para mais clientes e mais contratos para o escritório de advocacia.

Por isso a quarta aula do curso de Marketing Jurídico, desenvolvido pela 3MIND, traz alguns insights sobre geração de negócios e curtidas nas redes sociais para advogados e separamos alguns deles no conteúdo a seguir.

O papel das redes sociais no planejamento de marketing jurídico

Na metodologia de marketing jurídico da 3MIND as redes sociais são usadas como mídias reativas. As mídias ativas ou motores de busca são plataformas digitais como Google, YouTube, Bing entre outros onde o usuário realiza uma busca ativa e pergunta para a plataforma alguma coisa. Como por exemplo: “Como funciona a redução da Jornada de Trabalho”.

As mídias reativas, ou redes sociais, são plataformas nas quais o usuário não procura a solução de um problema, mas elas podem levar o usuário a reagir a um conteúdo publicado pelo advogado nas redes sociais. Essa ação depende muito do momento de compra ou contratação do cliente e para descobrir quais usuários estão nesse estágio usamos o Remarketing.

A lógica do Remarketing

O remarketing funciona em cima do comportamento de pesquisa do usuário no Google. Se um escritório de advocacia começa uma campanha de Google Ads com a palavra-chave “redução de jornada de trabalho” e percebem que os usuários que entraram no site do escritório por meio dessa campanha não converteram, ou seja, não entraram em contato com o advogado, seja por meio do formulário de contato ou plug-in do WhatsApp, é um “alerta” de potencial cliente.

Cursos de Marketing JurídicoPowered by Rock Convert

Com o remarketing esse prospect não é perdido, pois podemos dizer para o Google que queremos impactar aquelas pessoas que já mostraram interesse pelo seu conteúdo. Com isso, o remarketing ajuda a manter um relacionamento com os prospects até que ele se torne um cliente, uma vez que já descobrimos que ele é um usuário mais qualificado.

Veja também conteúdo completo sobre remarketing para advogados.

Advogados nas redes sociais na prática

A 3MIND tem um cliente de direito criminal que atua em uma cidade pequena e possui muitos casos nessa área, bem como clientes antigos, mas na mesma cidade tem um advogado criminalista que bomba nas redes sociais e tem milhares de seguidores nas Redes Sociais, com muito mais autoridade digital.

A perspectiva da rede social neste caso são os benefícios que ela pode gerar a longo prazo. O advogado que está presente nas redes sociais há mais tempo pode não ter muitos contratos agora, mas ele vai colher em algum momento, pois lá atrás ele entendeu que era importante plantar e investiu em criar uma persona como YouTuber ou Instagramer conquistando autoridade digital, ou seja, não está ganhando dinheiro com isso ainda, mas já está colhendo frutos de um posicionamento de branding para o escritório de advocacia no qual atua.

Gostaria de saber mais sobre como desenvolver um trabalho de social media para escritórios de advocacia? A 3MIND oferece um processo para certificar profissionais para atuar como Social Media em todo país, inscreva-se já!

Receba conteúdos e estratégias atualizadas de Marketing Jurídico gratuitamente!

Sobre o autor
Guilherme Barbosa

Guilherme Barbosa

Especialista em marketing com ênfase no universo Jurídico. Criador e mentor de novos negócios (startups), e expert em Inteligência analítica e Big Data (PUC-PR). Minha paixão - transformar números, dados e intuições em estratégias eficientes.

Compartilhe
Responder
Olá, meu nome é Victor! 😊

Nós já ajudamos mais de 100 escritórios de pequeno a grande porte a construir sua autoridade.

Como podemos lhe ajudar?